Saturday, November 12, 2005

Textinho de caderno(III)

Ainda não sei se se tornou um apostador inveterado ou um puritano que nunca joga. As respostas foram sempre dores de figado para ele.E alega questões de saúde para escrever tão pouco à família.
Nunca cheguei a perceber bem porque emigrou. Mudou de quadradinho na banda desenhada, sem dar quase tempo de virar a página. Se as lembranças aumentassem o coração, o dele teria aumentado dois números!!Não sei como estará da constipação, mas creio que as alergias do mundo moderno também o farão espirrar. Ouvi dizer que estaria em L.A., talvez lá se esteja bem.Por cá fica a memória do prodígio, com as recordações dos truques que fazia, em ilusionismo do coração;guardo os postais,as palavras que de vez em quando manda recheadas de estrelinhas e riscas.À viva força insisto que se agasalhe e que se cuide.Espero que se dê bem!

2 Comments:

At 1:03 AM, Blogger little_blue_sheep said...

Oi!
Hehehe.
to bom o textinho...eu é gostaria de estar em L.A.
Bom domingo

 
At 6:04 AM, Blogger nana said...

;) blue sheep!
aqui L.A. è apenas um sítio longe, diferente, que entretem e distrai!
;)

 

Post a Comment

<< Home